segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Carreira dos Moinhos - Alvarenga - Arouca





A carreira dos moinhos está situada na encosta Nordeste, sobranceira a Alvarenga, a meio caminho entre a Sr.ª do Monte e o centro da vila. O terreno é acidentado com uma forte pendente com direcção a poente, em que a água ganhava força e passava por todos os moinhos, sendo a força motriz no processo de moer o milho. Caso único no país, o conjunto de 17 moínhos de rodízio construidos em xisto e cobertos a lousa proveniente de Canelas são movidos pela água através  do famoso “Rego do Boi". Diz a lenda que, havendo na freguesia necessidade de água para regar os campos, os habitantes de Alvarenga e da freguesia vizinha de Nespereira disputavam a posse de um ribeiro denominado Ardena. Chegaram então ao acordo de que quem primeiro conseguisse com que as águas fizessem mover a mó de um moinho, junto à povoação, adquiria o direito sobre elas. Os habitantes de Alvarenga traçaram então, secretamente, o caminho que deveria tomar o rego condutor da água e conseguiram concluir o seu trabalho antes dos de Nespereira, conquistando o direito ao usufruto das águas. Para festejar esse feito mataram e comeram um boi, daí resultando no nome "Rego do Boi".


8 comentários:

Marilu disse...

Paisagens absolutamente lindas, arquitetura da época dos romanos ainda, parece muito com a aldeia onde nasceram meus pais Vila Cã. Tenha um linda semana. Beijocas

Isa GT disse...

Mais um cantinho paradisíaco!

Bjos

Fernando Ribeiro disse...

Belas imagens de um local que visitei umas três ou quatro vezes. Parabéns.

A serra em cuja encosta se situa a Carreira dos Moinhos é a serra de Montemuro.

Alvarenga não é uma aldeia, mas sim uma vila, tal como a vizinha Nespereira, que pertence ao concelho de Cinfães, distrito de Viseu. Isto mesmo pode ser verificado no escudo da freguesia de Alvarenga, em cujo centro se encontra representado um boi de raça arouquesa. O escudo é encimado por quatro torres, o que corresponde ao estatuto de vila. Os escudos das cidades têm cinco torres, os das vilas quatro e os das restantes localidades três. Isto mesmo pode ser conferido aqui:

http://www.cm-arouca.pt/portal/index.php?option=com_content&task=view&id=117&Itemid=199

Teresa disse...

Lindooooooooooooooooooooooooo!!!!!

calata disse...

me encantan estos molinos de agua, conozco unos en Asturias, el los Oscos.

saludos

SAPhotographs (Joan) disse...

You have a lovely blog Dylan. It looks like the trees are turning to their autumn colours.

Roadrunner disse...

Um espectáculo, idêntico a outros por esse Portugal fora.

Saudações do Roadrunner!

Susaninha disse...

ESPECTACULAR:):):)