quinta-feira, 25 de setembro de 2008

Ilha das Berlengas


São uma reserva natural a cerca de 10km de barco de Peniche, com três pequenos ilhéus: a Berlenga Grande, as Estelas e os Farilhões-Forcados. Pode conhecer-se entre finais de Maio e Setembro, estando as visitas limitadas a 350 pessoas por dia. Visite as grutas do Furado Grande e o Forte de São João Baptista, agora transformado em estalagem. Não há livre acesso a toda a ilha por ser considerada Reserva Natural, mas existem vários trilhos pedestres, com cerca de dois quilómetros. As praias são calmas e as águas límpidas. Aqui coexistem mais de cem espécies de plantas, algumas delas muito raras.

MADEIRA

Santana
Véu da Noiva - Porto Moniz
Paúl do Mar

Boaventura
Curral das Freiras
Fajã/Ilhéu Rocha do Navio
Arco de São Jorge

Fajã dos Padres

Madalena do Mar

Porto Moniz

Levadas

São canais estreitos que possibilitam que a água das chuvas da parte norte da ilha cheguem ao sul, mais seco e menos chuvoso. Estes canais cobrem mais de 2150 quilómetros e alguns deles datam mesmo do séc. XIV, criando uma rede de trilhos que permitem o acesso a áreas remotas, completamente inacessíveis por estrada.
Floresta milenar de Laurissilva

Património Natural da Humanidade classificada pela UNESCO. Este tipo de floresta, com origem na Era Terciária, ocupava outrora vastas extensões na Europa. Graças às temperaturas constantes, reguladas pelo oceano, o arquipélago consegue manter grande parte dessa floresta original, principalmente na parte norte da ilha.

Penela

Cascata da Pedra da Ferida

Situa-se em plena Serra do Espinhal, tendo acesso pelo caminho da Ribeira da Azenha. Para visitar este agradável local terá de deixar o carro a algumas centenas de metros e fazer um pequeno percurso pedonal.

Castelo de Algoso (Vimioso)


Se vier de Mogadouro pela EN 219, o castelo aparecerá numa curva da estrada. Como uma imagem saída de um conto medieval. A vista é magnífica : vê-se a ponte medieval sobre o rio Angueira, acessível a pé desde Algoso e Valcerto. E vêem-se muitos quilómetros de planalto mirandês, apesar do vento forte que costuma perturbar quem o visita.

quarta-feira, 24 de setembro de 2008

Ponta da Piedade (Lagos)

Cacela-a-Velha


Aldeia piscatória antiga, fica no topo de uma arriba, junto à Ria Formosa. É aqui que começa o Parque Natural, que culmina a oeste de Faro. No largo central deste pequeno e pitoresco aglomerado de casas, descobre-se uma cisterna medieval, uma fortaleza de 1794 e uma igreja matriz. É daqui que se vislumbra um dos mais bonitos pôr-do-Sol do Algarve.

Furna do Enxofre (Ilha Graciosa - Açores)


É um fenómeno vulcânico muito interessante. Descendo por uma escadaria em caracol, chega-se a uma abóbada vulcânica, onde existe uma lagoa com 130 metros de diâmetro e 100 metros de profundidade, com água quente e sulfurosa - são as entranhas de um vulcão adormecido há séculos.

terça-feira, 23 de setembro de 2008

Serra da Lousã


Ucanha


Marcando uma das entradas no território coutado ao Mosteiro de Salzedas, ergue-se a ponte fortificada da Ucanha, visitável no percurso de quem se dirige ao mosteiro. Inseria-se num dos percursos da importante via medieval que ligava a cidade de Lamego, sede de bispado, à região de Riba-Côa. Lançada sobre o Rio Varosa, a ponte possui tabuleiro em cavalete. Na extremidade do lado do couto monástico, ergue-se a torre com passagem inferior abobada.

Tourém



Fica no planalto da Mourela, junto ao rio Sales, afluente do Lima. As fortes tradições comunitárias têm vino a desaparecer. O monumental forno do povo, de pedra, remonta a 1868. A massa do pão era trazida de casa pelas mulheres. Todas as segundas-feiras havia um homem, o aquentador, a quem cabia a vez de aquecer o forno, tarefa distribuída ao longo do ano. Hoje, o costume repete-se apenas em épocas especiais.

quarta-feira, 17 de setembro de 2008

Aldeia da Pena (São Pedro do Sul)

Portal do Inferno

Se seguir em frente na estrada que vai de São Macário para o Portal do Inferno, quase não dará por ela, no entanto, lá no fundo do vale, reside uma mancha de xisto que é a aldeia e os socalcos verdes que cobrem o fundo desta "cova", é abrigada dos ventos e tempestades.
O caminho para Covas do Rio, estreitinho, ladeado de vegetação, abençoado pelo frondoso Ribeiro de Pena e pelas paredes que compôem esta "catedral" natural, é simplesmente divinal.

sexta-feira, 12 de setembro de 2008

ILHA de SÃO MIGUEL - AÇORES

Vale das Furnas

Cascata da Ribeira dos Caldeirões
Praia do Fogo - Ribeira Quente
A praia da Ribeira Quente fica no Lugar do Fogo, um areal junto a uma baía onde a existência de nascentes hidrotermais submarinas torna a água do mar tépida. É uma das praias na ilha de São Miguel que possui bandeira azul e uma referência na região. Uma paisagem idílica, onde sobressai o contraste entre o azul das águas e o verde das serras que envolvem a praia.

Lagoa das Sete Cidades

Caldeira Velha

Uma reserva natural colorida a verde esmeralda, onde desemboca uma cascata. A cascata (de água quente) da Caldeira Velha fica no coração da ilha. Um espaço convidativo, onde a melodia fica ao cargo do som do Atlântico quando (ao longe) bate contra as rochas.

domingo, 7 de setembro de 2008

Cascata da Cabreia (Sever do Vouga)


Queda de água de 25 metros de altura do Rio Bom, onde existem vários moinhos. Perto situam-se as ruínas das Minas do Braçal.

sexta-feira, 5 de setembro de 2008

Parque Natural do Alvão


Fisgas de Ermelo
O rio Olo precipita-se por uma escarpa altíssima, formando um queda de água considerável. Poderá desfrutar de um panorama mais favorável se for até à borda da falésia que se encontra em frente ao painel interpretativo. Do mesmo modo, quando se está de frente para o painel, à esquerda, fica um caminho de cabras que dá acesso a outra perspectiva bastante interessante da queda de água.

Arnal

"Catedral" do Arnal - blocos graníticos de grande beleza natural e paisagística, próximo da Barragem do Alvão. Perto também fica a queda de água do moinho na aldeia de Galegos, na ribeira de Arnal.