terça-feira, 22 de novembro de 2011

Portugal a Pé


Ao longo de dois anos (Fevereiro de 2008 a Novembro de 2010), Nuno Ferreira calcorreou o país de ponta a ponta, de Sagres a Cevide (Melgaço). O projecto "Portugal a Pé" toma agora a forma de livro e traça um retrato singular de um país quase esquecido, por vezes desconfiado, por vezes hospitaleiro. Um país que por vezes abandona as suas aldeias, enquanto, noutras, alguns lutam pela sobrevivência do seu quotidiano, artes e memória. E mostra um país repleto de belezas naturais e pessoas únicas.

Nuno Ferreira há muito que acalentava a ideia de andar por todo o país. Jornalista, tendo passado pelo "Expresso" ou "Público", já tinha sido premiado pelos seus trabalhos de viagens - casos de "Route 66, A Estrada da América", distinguido pelo Clube de Jornalistas do Porto e menção honrosa da Fundação Luso-Americana, ou "A Índia de Comboio", premiado pelo Clube Português de Imprensa. Pelo meio, outro livro com outras viagens: a partir das histórias de Pedro Faria, motorista de ilustres, escreveu "Ao Volante do Poder". O projecto Portugal a Pé acabará por ter parto natural a partir de uma retórica simples: "Se toda a gente anda a viajar e a escrever sobre todos os cantos do mundo (...), por que não revisitar o interior do meu país a pé e escrever sobre o que vou encontrando?". Pés ao caminho. E, quase sempre, longe de centros urbanos.

http://fugas.publico.pt/Viagens/297081_a-longa-caminhada-de-nuno-ferreira-por-portugal-e-agora-um-livro

Obrigado Nuno, também és uma fonte de inspiração e coragem para que este blogue continue a mostrar o país que permanece desconhecido para muitos portugueses.

5 comentários:

Luís Coelho disse...

Desejo-te boas caminhadas nesses lugares de quem ninguém fala.
Como já tens bastante tempo de caminhada, seria bom partilhar aqui mais imagens deste país desconhecido de muitos.

Manuel Luis disse...

Uma pagina cheia de caminhadas cá dentro. É o Nuno por um lado e o dyilan pelo outro mostrando o que é nosso.
Gosto desta informação dos nossos sítios, da nossas gente.
Abraço

poeta_rural disse...

deve ter sido mesmo uma grande aventura. há por aí muitos cantinhos perdidos do país que valem a pena visitar

João Menéres disse...

E o livro já cá está fora ?
Qual a editora ?

Dylan disse...

João Menéres,

O livro já está à venda. É da Vertimag.