domingo, 4 de setembro de 2011

XXV Congresso de Medicina Popular (1 a 4 de Setembro) - Vilar de Perdizes




Por 40 stands estão espalhados bruxos, videntes, médiuns, astrólogos, ervanárias, massagistas, tarólogos, exorcistas, comerciantes de chás e licores, além de barracas de 'comes e bebes'. A grande figura nas ‘bodas de prata’ continua a ser o padre Fontes, este ano agraciado com a medalha comemorativa dos 25 anos de edições e  por ser o "pai" do evento. A "junção entre o profano e o sagrado", o misticismo, colocaram esta freguesia do concelho de Montalegre no mapa.
António Lourenço Fontes fez mais por esta região do país do que muitas entidades ligadas ao turismo. 




4 comentários:

Rui da Bica disse...

Há anos que ando a pensar ir lá (por curiosidade), neste período do congresso! Ainda não foi este ano ! :))
Talvez para o ano !

Caro Dylan: já há tempos que não passava por aqui. O teu blog está muito, muito bom ! Parabéns !)

Abraço !
.

Isa GT disse...

Estou a ver que para melhorar a economia, já só nos resta este Congresso... talvez com meia dúzia de bruxas, uma dúzia de médiuns e meia centena de videntes, fosse bem melhor do que as 648 nomeações dos últimos dois meses ;)

Bjos

Diego Louzada disse...

Obrigado pelos votos de melhora a nosso comandante Ricardo Gomes.

Um abraço e sds vascaínas!

AR disse...

Aqui está um evento onde adorava ir!
:)