segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Museu de Arte e Arqueologia do Vale do Côa (V. N. Foz Côa)




15 anos depois da polémica que suspendeu a construção da barragem devido aos protestos de ambientalistas e de especialistas em arte rupestre, abriu a porta o Museu de Arte e Arqueologia do Vale do Côa.
Foi construído com o objectivo de divulgar e contextualizar as gravuras e achados arqueológicos do vale do Côa, o maior conjunto do mundo de arte rupestre do Paleolítico, classificado pela UNESCO como Património da Humanidade, em Dezembro de 1998. O equipamento cultural passa a ser o principal ponto de acolhimento do Parque Arqueológico do Vale do Côa (PAVC). A entrada no Museu do custa €5 (combinada com o ingresso no parque: €12).
Apesar de continuar a faltar infraestruturas turísticas e acessibilidades, este local foi considerado o 16º melhor destino mundial para turismo sustentável segundo a National Geographic Society.

Existe mais um motivo para conhecer a zona e arredores: o comité da UNESCO acaba de adicionar as gravuras rupestres de Siega Verde, localizada na região autonómica de Castela e Leão, como uma extensão do Vale do Côa na lista de Património Mundial da Humanidade.

6 comentários:

Marilu disse...

Querido amigo Dylan, eu sou suspeita a falar de arqueologia, eu adoro o tema, esse museu realmente tem que ser considerado um destino turístico merecidamente pela National Geografic...Adorei...Beijocas

aa disse...

Esta é uma bela divulgação aqui para a nossa região do Douro... mais precisamente Douro Superior... Parabéns pela postagem e agora vamos lá ver se Fôz Côa começa a ter mais turismo com este museu... do que tinha anteriormente, uma vez que as "gravuras não sabem/iam nadar" agora já têm um museu que dizem os entendidos, que apesar de ser feito em betão não destoa na paisagem... veremos in loco...
Cmc's
AA

Begoña disse...

Gracias por tu visita

Apunto el lugar como destino turístico

Un abrazo

Isa GT disse...

Parece ser interessante, talvez um dia lá passe :)

Bjos

aa disse...

Olá Dylan,
estou de volta aqui ao 'About Portugal' pelo facto de ter lido num comentário do Dylan, no blog do meu amigo Valentim Coelho, onde dizia que talvez viesse a Pombal de Ansiães... e claro que esse comentário me deixou um pouco curiosa digamos assim...:) É que eu sou de Carrazeda de Ansiães e será uma visita a essa bonita aldeia por causa da FARPA??? Seria uma honra ver por aqui um post sobre um evento que se realiza no concelho de Carrazeda de Ansiães e que tem tido muito sucesso...
Cmc's

Laurus nobilis disse...

Por estranho que pareça, nunca consegui visitar as gravuras... Ou é fim de semana, ou é feriado, ou é hora de almoço, ou.... Pode ser que tenha mais sorte com o Museu!