quinta-feira, 20 de maio de 2010

Castellum de Alcabideque - Condeixa-a-Nova

Foto: Geocaching

Há muitos, muitos anos, na época dos romanos, a aldeia de Alcabideque vivia um ano de grande seca. Num belo dia, estava uma senhora com o seu rebanho que pastava, quando viu, saíndo de um buraco, um pássaro que tinha o bico e as patas molhadas.
Refeita do espanto, correu à aldeia a chamar os vizinhos para verem tal fenómeno. Começaram, então todos a escavar e encontraram uma nascente. Houve festa a noite toda pois acabara a seca. s romanos, alguns anos depois, taparam a nascente com uma torre e canalizaram a água para a cidade de Conímbriga.
Desde esse dia, passou a ser uma região farta de água e Alcabideque sinónimo de "olhos de água" e de "água de Deus".

Esta lenda funde-se com o extraordinário legado romano. Após a fundação de Conímbriga, os romanos construíram um aqueduto com cerca de três quilómetros - cuja conduta é, essencialmente, subterrânea - por forma a dotar a cidade com água. Nos últimos 170 metros  passa a correr sobre arcos: dos 16 iniciais, resta apenas um.
Alcabideque não é mais do que uma torre de captação, junto a um tanque recolector, que servia essencialmente para captar e elevar a água para o seu posterior transporte, através do aqueduto. Perdida a sua funcionalidade tantos séculos volvidos, o castellum, termo também usado para referir uma torre de elevação, subsiste enquanto exemplo da engenhosa construção romana.


5 comentários:

Isa GT disse...

Muito interessante e Alcabideque parece ser uma terra bonita :)

Maria Ribeiro disse...

Meu amigo Dylan: andei , em Dezembro a rever esses espaços como PENELA, CONÍMBRIGA , a TERRA DE SICÓ... HÁ TANTO AINDA PARA VER E REVER! Aquela região ,que se prolonga por milhares de KM2, do eixo romano de defesa contra os árabes, é riquíssima ,em termos histórico- culturais. OBRIGADA ,amigo, por trazeres sempre à lembrança estas nossas origens.
Beijo de Lusibero

César disse...

Bela história essa.Alcabideque para ser uma terra lendária.
Enfim,temos tantos e bons lugares neste maravilhoso Pais para explorar.

ianita disse...

No meu fim-de-semana sozinha fui a Conimbriga. Enganei-me no caminho. Tentei inverter a marcha virando num caminho estranho à esquerda. Entretanto havia trânsito e tive de seguir mais um pouco. Depois vi uma placa castanha e decidi segui-la. Fui dar a Alcabideque e adorei. Uma aldeia perdida na montanha. Tão igual a todas as outras. Tão cheia de portugalidade. Adorei.

Parei para fotografar e segui caminho até Conimbriga.

:)

Dylan disse...

Ianita,

Eu li no teu blogue, aliás, devo dizer-te que aproveitei a tua dica... Obrigado!