terça-feira, 16 de junho de 2009

Monção





Monção situa-se entre dois fenómenos geográficos distintos, o extenso e fértil vale do rio Minho e as escarpadas montanhas, sendo no sentido transversal, cortado por uma série de rios, ribeiros, riachos, que fertilizam a sua terra e permitem a ocupação a meia encosta. Ora, se os vales são propícios para a prática de agricultura também os terrenos de alta montanha são os ideais para a prática da pastorícia, não sendo então raros os vestígios de ocupação um pouco por todo o lado.
Deu-la-Deu Martins é um afigura lendária da história local, à qual está atribuído o feito de ter ludibriado os castelhanos numa altura em que estes impunham um cerco à vila, durante as guerras fernandinas. Para tal ter-lhes-ia lançado pães feitos com a farinha (pouca) que restava em Monção, gritando-lhes a frase “Deus lo deu, Deus lo há
dado".

Também a Festa do Corpo de Deus (festas municipais) motivam um grande interesse em todo o concelho. Tal como na Idade Média, seguem em cortejo o Boi Bento, de cornos envernizados e enfeitados de flores e fitas, o Carro das Ervas, engalanado de verdura e cheio de anjinhos, S. Jorge, fulgurante cavaleiro medieval e, a Coca, monstro que simboliza o mal. Depois da procissão, S. Jorge defronta a Coca num renhido torneio, cujas peripécias entusiasmam a multidão.
Das muralhas medievais de Monção, construídas no tempo de D. Dinis (1305 a 1308), resta apenas um trecho junto ao passeio dos Néris.As actuais muralhas resultam de uma modificação ocorrida no começo do século XVIII. São consideradas Monumento Nacional pelo decreto de 16-06-1910, tendo sido rompidas em três lados: para assento da via-férrea, para a abertura da estrada das Caldas e para a construção da estrada em direcção a Melgaço.
Na vila é de destacar a Igreja Matriz, uma igreja fundada no reinado de D. Dinis no século XIII. Com influências da arquitectura religiosa gótica, manuelina, maneirista e barroca, o seu pórtico – de estilo românico – é digno de ser admirado. No seu interior, a Capela de S. Sebastião – notável pelo seu estilo gótico – possui o jazigo de Vasco Marinho, seu fundador, secretário e confessor do papa Leão X.

O concelho de Monção oferece um vasto cardápio de paladar caseiro e gostoso que compreende, entre outros manjares, o arroz de lampreia do rio Minho, o sável e o salmão, geralmente servidos grelhados ou em caldeirada, o cabrito assado à moda de Monção, conhecido como a “Foda à Monção” e, na doçaria, as delicias conventuais das “barriguinhas de freira” e os populares papudos e roscas. O Vinho Alvarinho, nascido na Sub-Região de Monção, é personalizado e distingue-se dos demais pelo seu equilíbrio, de cor citrina, paladar leve e fresco, aroma frutado, característico e ímpar, cheio de boca, e de agradável e persistente pós de boca, sendo, pela sua originalidade, um dos melhores vinhos do mundo.

16 comentários:

O Cigarrilha disse...

meu caro amigo Dylan,

este teu blog já é património da blogosfera tão importante ele é no conhecimento do nosso país.

agradeço-te porque sei bem que 'isto' dá trabalho,

saúde/abraço

Miguel Almeida disse...

Um espectaculo para os olhos e uma fonte de informação.Parabens pelo espaço.

Spirit disse...

Monção faz parte da minha infância e adolescência. Passei lá todos os Agostos da minha vida entre os 3 e os 18 anos :)

ianita disse...

Olha Espanha!! :)

Pulha Garcia disse...

Nunca estive em Monção, mas graças a ti vou estar. Continua, Dylan. És serviço público.

Abc

Laurus nobilis disse...

Uma verdadeira pérola, entre as várias existentes no Minho!

Lusibero disse...

Lindo, Dylan!Já lá estive a percorrer a muralha.Não haja dúvidas de que Portugal é -àparte os políticos!- um país de maravilhas.
Abraço de lusibero

Pronúncia disse...

Conheço Monção, apesar de não ir lá já há uns anitos. Recomendo, é bem bonito...

Andas voltado para o Alto Minho?! :)

debbie harry disse...

Quem me dera lá estar hoje, com sol e fresquinho. Pois, pois...

Ritinha disse...

Nunca aqui estive...mas tenho sempre muita vontade de visitar os locais lindíssimos que aqui são dados a conhecer!
Uma pergunta? Só os dás a conhecer ou já os visitaste?

Francis disse...

Olá, Dylan.
O pluralismo que torna imenso o glorioso é também o seu Calcanhar de Aquiles. É um Clube/Instituição apetecível e por isso, alvo de cobiça por "Páraquedistas" à procura de mediatismo.
Este BC, é mais um caso triste de sócio que deveria pertencer a outro Clube. Primeiro, porque acha que o Pinto é um exemplo a seguir; Segundo, por todas as razões que enumerei anteriormente no seu Blogue de Candidatura e Terceiro, por apresentar a sua pseudo-candidatura (ainda não é candidato efectivo) num avião fretado à TAP e dizer que vai convidar Rui Costa para blá-blá-blá, como se o Rui lhe fosse ligar um chavo.
Enfim, é um comediante.
Acho que o LFV continua a ser a única candidatura séria e viável. Cometeu erros? Certamente que sim, mas ninguém pode contestar a sua dedicação, o sucesso de Marketing e o consequente alívio financeiro que o Clube conheceu com a sua Presidência (não esqueças que ainda está a pagar divídas de presidências anteriores).
Creio que será o seu último mandato e depois irá "empurrar" o Rui para que o suceda.
Vamos ver.
Já deves conhecer, mas deixo-te este linque:
http://tertuliabenfiquista.blogs.sapo.pt/
É um Blogue de excelente qualidade, pluralista, um pouco pró-LFV, embora Democrático.

Um grande abraço!!!
:)

Fada do bosque disse...

E não digo eu, que aqui o Minho tem sítios fabulosos?! Mais um local onde as fadas gostam de passear. :)
Parabéns Dylan, por tudo o que dá a conhecer. :)
É como diz o Cigarrilha, já é património, o seu blogue.

Valentim Coelho disse...

olá,
tão verdinha que é monção...

Terra de Encanto disse...

Que lindas imagens, que belíssiom texto...e que profunda vontade de calcorrear o país!

Fernanda Nunes disse...

oi, meu nome é Fernanda Cunha Monção Nunes, eu sou descendente de Portugues ( meu avô: Chiante Monção Nunes ) Adorei ter visto que vc falou dessa linda cidade em portugal, leito dos meus avós !
obrigada!

Anónimo disse...

It's easy and order of p90x cds specific and is particularly the best option and is based solely on Plyometrics, Core, and Cardio training. I chose to do classic in my first round of P90 X and seemed toning weights and tension tools resistance bands.

Also visit my blog - textusa.setxpatriots.com