sábado, 23 de maio de 2009

Cidadela de Cascais


Em finais do século XV foi mandada construir por D. João II uma torre, que tornasse mais eficaz a defesa de Lisboa e respondesse aos desmandos da pirataria. Esta foi ampliada para uma fortaleza nos finais do século XVII e reconstruída após o terramoto de 1755 para proteger a enseada de Cascais. Em 1871 D. Luís adaptou a parte da cidadela a residência de Verão da família real, passando, em 1963, a residência de Verão do presidente da República. No interior do forte existe ainda a capela de Nossa Senhora da Vitória. Aqui está também instalado o núcleo principal do Museu Municipal de Cascais e um pequeno museu de artilharia ao ar livre.
O conjunto da Cidadela de Cascais, incluindo o Forte de Nossa Senhora da Luz, a Torre de Santo António de Cascais, e toda a parte fortificada que está compreendida entre a Ponta do Salmodo e o Clube Naval de Cascais, encontra-se classificado como Imóvel de Interesse Público.

11 comentários:

Elena disse...

!Que lindo es Casacais!Obrigada pela tua visitarme. Yo tambien aún siendo gallega-andaluza siento a Portugal como mio, tu país es precioso y vosotros portugueses muy ambles y educados.Tu blog me ha parecido muy interesante,te volveré a visitar. Un saludo.

Valentim Coelho disse...

É um lugar bonito esse.

Laurus nobilis disse...

Com muitos altos e baixos, Cascais, será sempre Cascais! Mas tenho pena de terem destruído muita coisa ao longo dos anos...

Vagamundos disse...

Portugal tem de facto lugares fantásticos!

Pronúncia disse...

Vou ter oportunidade de conhecer melhor, uma vez que apenas conheço de passagem

Acho Cascais, a baía e os arredores muito bonitos.

E os restaurantes?! Nham! Nham! Nham!...

Obrigada! ;)

Fada do bosque disse...

Não sei porquê, mas das vezes que lá fui, senti-me esmagada!
Seria de tanta beleza?
Obrigada por compartilhar com todos nós.

Fada do bosque disse...

Os meus parabéns pelo seu site na WEB!
Ainda bem que descubro alguém bastante mais jovem, com interesse em defender quem não tem voz: os animais. como membro da LPDA, fico muito contente por saber isso!
Só quem vive essas angústias mudas, é que sabe o quanto urge exigir, deste país arcaico, leis que estabeleçam e regulamentem O Soberano Direito dos Animais!

Fada do bosque disse...

Pronto, foi o Dylan a dar-me o prémio! Obrigada.
Obrigada por apreciar o blogue em que participo. Quanto à geração rasca... não concordo! Apesar de ser mais velha 11 anos, geração rasca não existe! É nos mais novos que tenho esperança! existem sim e amiúde, pessoas rascas!

Fada do bosque disse...

E um abraço para si também! :)

Viajante disse...

Cascais tem um interessante projecto de museus municipais descentralizados, entre eles consta a Cidadela. A visitar ;-)

Abraço

Gata Verde disse...

É sempre bom rever as riquezas do nosso património!

beijos