domingo, 12 de abril de 2009

Vilarinho das Furnas (Terras de Bouro)


Foto gentilmente cedida por Homem ao Mar



Vilarinho das Furnas era uma pequena aldeia da freguesia de S. João do Campo, situada no extremo nordeste do concelho de Terras de Bouro, distrito de Braga, na Peneda-Gerês, vizinha de Espanha.
A sua origem perde-se na bruma dos tempos. Segundo uma tradição oral, contada pelos mais antigos, teria começado a sua existência por ocasião da abertura da célebre estrada da Geira, que de Braga se dirigia a Astorga, num percurso de 240 Km, e daqui a Roma. Teve foral em 1218. As difíceis condições da sua subsistência levaram a uma intensa vida comunitária.
À data da sua morte, em 1972, devido à construção da barragem, ainda havia o forno comum e as vezeiras ou pastoreio comum. Mas subsistiam outras práticas, como a assembleia de vizinhos.
Nos anos de maior seca, quando se esvazia a albufeira, é possível visitar as ruínas da aldeia submersa, cuja memória ficou perpetuada através do Museu Etnográfico de Vilarinho das Furnas.

7 comentários:

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Obrigado pela visita que fez ao CR. Também gostei de ver estas belas imagens de Vilarinho das Furnas. O Gerês traz-me magníficas recordações da infância.

Laurus nobilis disse...

Nunca apanhei a barragem tão vazia... deve ser estranho! Ou foi uma fotografia tirada durante o enchimento da albufeira?

Pronúncia disse...

Há algum tempo esvaziaram a barragem, penso que para limpeza, e todas as casas voltaram a ser completamente vistas.

Também a aldeia da Luz foi submersa recentemente pela barragem do Alqueva.

Dylan disse...

Caros colegas,

Esta fotografia não é recente e o mistério da barragem vazia poderá residir nesta notícia:
http://dn.sapo.pt/inicio/interior.aspx?content_id=610236

afectado disse...

O Minho esconde coisas fantásticas...

João Menéres disse...

Magníficas postagens estas!

Um abraço.

Johan disse...

o Vilarinho da Furna não teve foral em 1218, e não é associado com D. Sancho I sendo ele morreu em 1211.

Acho que uma confusão um outro Vilarinho.
D. Afonso II concedeu, sim, em 6/12/1218, um foral a Vilarinho de Castanheira, em Carrazeda de Ansiães, Bragança.