domingo, 25 de dezembro de 2011

Festa dos Rapazes



Também denominada Festa de Santo Estevão (patrono dos jovens) - tendo sido o  calendário litúrgico a colocar o santo no ciclo de Natal -, conforme a localidade onde é efectuda, realiza-se todos os anos nos dias 25 de Dezembro a 6 de Janeiro, participando toda a comunidade com especial destaque para os jovens solteiros da aldeia. Os mascarados representam a desordenação, a transgressão, e nas "loas" comentam sarcasticamente em frente da população acontecimentos praticados por alguns habitantes.

Neste símbolo da região transmontana, em locais como Vale de Salgueiro, Ousilhão, Varge, Babe, Rio de Onor, Parada e Serapicos, o Natal deixa de ser um tempo de família e de casa para passar a ser uma festa do rapaz que se torna adulto, que passa as festas fora de casa. Ao toque das gaitas-de-foles, dos tambores e dos cânticos, acontece uma espécie de rito iniciático tradicional de puberdade, um pouco das regras que irá encontrar em sociedade.

"Pessoal que me ouvis,



bem sabeis o que isto é;


tenho um caso p’ra contar


que diz respeito ao Manuel Zé.




Que diz respeito ao Manuel Zé,


rapaz de muita alegria;


o que havia de fazer


à sua irmã Maria.




À sua irmã Maria,


isto ninguém o adivinha;


ele já andava maluco


com ela e com a sobrinha.




Ele ia para as hortas


fartinho de trabalhar;


elas iam para a taberna


só para se emborrachar"

1 comentário:

Luís Coelho disse...

Tradições de um povo que continuam vivas e bem preservadas.

As cores e as danças e ainda os versos declamados são de uma riqueza popular muito profunda.