quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Santuário de Nossa Senhora da Nazaré









O santuário de Nossa Senhora de Nazaré, também conhecido como o Santuário do Sítio, está ligado ao do milagre da Virgem a D. Fuas Roupinho, em 1182. Montava D. Fuas Roupinho o seu cavalo quando vê passar um vulto negro e estranho. Pensando ser um veado, perseguiu-o e o animal em desafio passa por ele uma e outra vez, o que desperta mais ainda o seu desejo de o apanhar. A perseguição torna-se feroz até que quando está prestes a apanhá-lo o cavalo pára junto a um precipício, mesmo sobre o mar. O cavalo empina-se desesperado e o veado desfaz-se em fumo. D. Fuas Roupinho clama por Nossa Senhora da Nazaré e cavalo e cavaleiro salvam-se, ficando as patas traseiras gravadas no rochedo, marca essa que ainda hoje existe. D. Fuas Roupinho corre para junto da Virgem a agradecer a protecção e promete levar a imagem para o local do milagre. Mais tarde, mandou construir a capela da Nossa Senhora da Nazaré nesse mesmo local que ficou a ser conhecido por Memória. 
No século XIV, o rei D. Fernando manda fazer obras nesse local e decide fazer um novo edifício de culto, tendo este sido ampliado nos reinados de D. João I, D. João II e D. Manuel.  

4 comentários:

Roadrunner disse...

Um lugar magnífico, bem assim como as redondezas, já para não mencionar a fabulosas vista sobre a Nazaré do miradouro.

Saudações do Roadrunner!

Joaquim Candeias disse...

Olá Dylan bom dia.
Já não visito a Nazaré há mais de 30 anos, mas desde essa altura que conhecia a lenda do cavalo e cavaleiro.
Obrigado pela visita e comentário no meu blogue.

Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

Obrigado por esta partilha para com o mundo!

Gostei!

Unknown disse...

Que linda!!!
Adorei conhecer por aqui!
Abraço!
http://tengapaisajes.blogspot.com