domingo, 31 de outubro de 2010

Biblioteca Joanina (Coimbra)



É já no mês de Novembro que a Biblioteca da Universidade de Coimbra abre pela primeira vez os seus subterrâneos para visitas. Deve o seu nome ao monarca D. João V, o rei Magnânimo, cujo escudo se encontra representado no portal barroco.
Quando a biblioteca fecha, as mesas são cobertas com peles para as proteger das fezes dos morcegos, usados como vigilantes de insectos. Entre os 59 mil livros aí guardados, destaque para a "Bíblia Hebraica", datada da segunda metade do século XV, devendo haver apenas cerca de 20 exemplares em todo o mundo.

7 comentários:

Johnny disse...

É mesmo um tesouro nacional.

Isa GT disse...

Será que dava resultado pôr uns morcegos na Assembleia da República? ;)

Bjos

ruma disse...

Yes. Portugal is a far dreamlike country...
Thank you for a visit.

ruma

Roadrunner disse...

Uma oportunidade a não perder!

Saudações do Roadrunner!

Maria Ribeiro disse...

DYLAN: tive oportunidade de a revisitar ,em SETEMBRO!
Eram mais os estrangeiros que os portugueses...Mas é como dizes...os morcegos são tolerados porque comem os insedtos que podiam destrir tudo...NATUREZA *PERFEITA ONDE CADA SER TEM UM PAPEL A DESEMPENHAR!
BEIJINHO
Mª ELISA

João Menéres disse...

Não fazia idéia que havia a cave sob a Biblioteca !
Nunca vi isso referido...
O Prof. CARLOS FIOLHAIS é um comunicador por excelência. Diverte-se a ensinar e nós aprendemos entre sorrisos.

Obrigado, DYLAN por estes minutos tão preciosos.

Um abraço.

Black Quetzal disse...

Hallo já não deixo comentário por aqui há algum tempo, gostei de saber desta notícia, hei-de la voltar um dia destes :-)